Medicação gratuita entregue a pacientes que consultaram na UPA são flagradas no lixo

 A Secretaria de Saúde flagrou diversos medicamentos em lixeiras próximas a UPA de Pouso Alegre. Os remédios foram identificados pelos servidores da saúde como os mesmos que foram entregues a pacientes que passaram por atendimento. Nos últimos dias, houve um elevado número de atendimento por queixas de sintomas gripais e procura por testes, chegando a mais de 500 atendimentos por dia.
Com isso, o flagrante de medicamentos descartados no lixo ocorreu hoje, 11 de janeiro. Os medicamentos são novos e foram prescritos aos pacientes durante consulta.

O prefeito Rafael Simões pede a colaboração da população para não fazer esse tipo de atitude: “As pessoas tem sido atendidas e medicadas, e encontrar a medicação no lixo é um absurdo! Os funcionários da UPA tem feito todo o possível para atender a todos, e isso não pode ser admissível. Por isso pedimos a colaboração da população, se não quer tomar os medicamentos, então avise o médico que não quer, porque tem quem precisa dessa medicação.”

“Nós olhamos tudo isso com muita tristeza, porque tem quem precisa de verdade e quando um joga fora, o outro está na fila aguardando para ser atendido e talvez, esteja de fato precisando. Nós estamos atendendo uma média de 500 pessoas por dia, nossas equipes estão exaustas e com vários profissionais de saúde afastados que estão contaminados, então, a colaboração da população é muito importante nesse momento,” lamenta a secretária de Saúde Silvia Regina.