SERVIÇOS AO CIDADÃO


 

 

A PREFEITURA GOVERNO CONHEÇA POUSO ALEGRE PORTAL TRANSPARÊNCIA IMPRENSA FALE CONOSCO

A PREFEITURA

Infraestrutura
Horários de Funcionamento
Diário Oficial / Publicações
Fale Conosco
Governo
Publicações Oficiais
Transparência
Fundo de Restos a Pagar

Plano de Trabalho - Associação de Integração da Criança - SUBSIDIO

ANEXO I – PLANO DE TRABALHO

 

1.IDENTIFICAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL

 

RAZÃO SOCIAL:
Associação de Integração da Criança – Creche CL Antonio Rafael Andere

CNPJ:
00.568.036/0001-76

ENDEREÇO COMPLETO:
Rua: Dom Lafaiete Libânio, nº 144

TELEFONE:
35-34231894

FAX:
-

E-MAIL:
crechelions@hotmail.com

BANCO:
Caixa Econômica Federal

AGÊNCIA:
0147

CONTA ESPECÍFICA:
00003220-9

NOME DO REPRESENTANTE LEGAL:
Eliane Paiva Lima

FUNÇÃO:
Presidente

RG:
MG – 5.063.296

CPF:
542.200.766-20

ENDEREÇO COMPLETO:
Rua João Nunes de Oliveira Jr nº99, Bairro Foch, Pouso Alegre - MG

TELEFONE:
35-34225311

CELULAR:
35-999693633

E-MAIL:
lia-mg@hotmail.com

 

2. CARACTERIZAÇÃO DA REALIDADE OBJETO DA PARCERIA

Estabelecimento de bases de cooperação, visando a efetiva e cada vez mais eficiente manutenção e desenvolvimento educacional de crianças carentes, na faixa etária de 0 a 3 anos da Creche CL Antonio Rafael Andere.

 

3. DESCRIÇÃO DE METAS

Em complementação à ação da família, a creche Cl. Antônio Rafael Andery tem como finalidade atender crianças na faixa etária entre 0 a 3 anos, prestando o atendimento educacional em regime integral, proporcionando condições adequadas para o desenvolvimento físico, emocional, cognitivo e social, além de promover a ampliação de suas experiências e conhecimentos, estimulando seu interesse pelo processo de transformação da natureza e pela convivência em sociedade. (BRASIL/MEC, 1994, p. 15). Visando o atendimento integral e harmônico das necessidades básicas de educação nutrição e saúde e o auxilio na formação intelectual, física, cognitiva, social e moral da criança com a integração e participação da família em todo esse processo de construção, nossos objetivos e metas buscam:
• Estabelecer o respeito à dignidade e aos direitos das crianças, consideradas nas suas particularidades individuais, sociais, econômicas, culturais, étnicas, religiosas, etc.;
• Proporcionar o acesso das crianças às atividades e brincadeiras, compreendidas como forma particular de expressão, pensamento, interação cultural, social e cultural e comunicação infantil;
• Facilitar o acesso das crianças aos bens socioculturais disponíveis, ampliando o desenvolvimento das capacidades relativas à expressão, à comunicação, aos afetos, à interação social, ao pensamento, à ética e à estética;
• Oferecer uma socialização integral às crianças por meio de sua participação e inserção nas mais diversificadas práticas sociais.
• Oferecer o atendimento aos cuidados essenciais associados à sobrevivência e ao desenvolvimento da identidade, de da integridade e da autonomia infantil.

 

4. PREVISÃO DE RECEITAS E DE DESPESAS

A previsão de receitas que nos será repassado é de R$ 255.926,55 (duzentos e cinquenta e cinco mil novecentos e vinte e seis reais e cinquenta e cinco centavos) anual, sendo a previsão de despesas para o ano de 2017 será de R$ 255.926,55 (duzentos e cinquenta e cinco mil novecentos e vinte e seis reais e cinquenta e cinco centavos), em 11 (onze) parcelas mensais:
- remuneração do pessoal docente e dos demais profissionais da educação: remuneração de professores e dos profissionais da educação básica que desenvolvem atividades de natureza técnica-administrativa (com ou sem cargo de direção e chefia) ou de apoio, como, por exemplo, o auxiliar de serviços gerais, o auxiliar de administração, o(a) secretário(a) da escola, em exercício entidades. Fonoaudiólogo ou psicopedagogo quando indispensável ao processo ensino-aprendizagem;
- fornecimento de vale transporte para o corpo docente e dos demais profissionais da educação.
- manutenção e conservação de equipamentos necessários ao ensino: manutenção dos equipamentos existentes (máquinas, móveis, equipamentos eletroeletrônicos, equipamentos de informática), seja mediante aquisição de produtos/serviços necessários ao funcionamento desses equipamentos (tintas, graxas, óleos, energia elétrica), seja mediante a realização de consertos diversos (reparos, recuperações, reformas, reposição de peças, revisões);
- manutenção de bens e serviços vinculados ao ensino: manutenção de bens e equipamentos (incluindo a realização de consertos ou reparos ou na aquisição de produtos consumidos nesta manutenção – material de limpeza, tintas), conservação das instalações físicas do sistema de ensino (serviços de limpeza e vigilância, material de limpeza, de higienização de ambientes, manutenção elétrica, manutenção geral, desinfetantes, vassouras, rodos, escovas), seguro predial, despesas com serviços de energia elétrica, água e esgoto, serviços de comunicação, assessoria contábil, assessoria jurídica, serviços postais, serviços e taxas cartoriais;
- manutenção de veículos, bem como combustível, serviços mecânicos, elétricos, serviços de funilaria, impostos obrigatórios, seguro.
- levantamentos estatísticos, estudos e pesquisas visando precipuamente ao aprimoramento da qualidade e à expansão do ensino: levantamentos estatísticos, estudos e pesquisas visando precipuamente ao aprimoramento da qualidade e à expansão do ensino, sendo inseridas nessa rubrica as despesas com levantamentos estatísticos (sobre alunos, professores, escolas) estudos e pesquisas (exemplos: estudos sobre gastos com Educação sobre o custo aluno, por série da educação básica), visando ao aprimoramento da qualidade e à expansão do atendimento na educação básica;
- realização de atividades-meio necessárias ao funcionamento do ensino: despesas inerentes ao custeio de diversas atividades relacionadas ao adequado funcionamento da educação básica, dentre as quais pode se destacar: serviços diversos (de vigilância, de limpeza e conservação, dentre outros) aquisição do material de consumo utilizado nas escolas e demais órgãos do sistema de ensino (papel, lápis, canetas, grampos, colas, fitas adesivas, gizes, cartolinas, água, produtos de higiene e limpeza, tintas);
- pagamento de empréstimos adquiridos, em caso de necessidade e urgência, quando houver atrasos no repasse do recurso para a Associação. 
- aquisição de material didático-escolar: aquisição de materiais didático-escolares diversos, destinados ao apoio do trabalho pedagógico na escola (material desportivo utilizado nas aulas de educação física, acervo da biblioteca da escola – livros, atlas, dicionários, periódicos; lápis, borrachas, canetas, cadernos). 
- materiais e serviços relacionados com publicação e marketing de caráter educativo, informativo e de orientação social.
- De acordo com a lei Municipal 5442/14: complementação de despesas com merenda escolar, no caso das instituições que recebem o repasse desta Lei com subsídio, despesas tais como: alimentação em geral, pão, leite, carne e fornecimento de gás.

 

5. FORMA DE EXECUÇÃO

      A assistência fornecida pela creche atende 120 (cento vinte) crianças em período integral, oferecendo quatro refeições diárias, além de, proporcionar um acompanhamento no desenvolvimento da socialização, a partir da interação nas atividades lúdicas, livres e pedagógicas, além de assistência pedagógica às famílias. Vale salientar ainda que conceitos de higiene, como a escovação dos dentes, cuidados com o corpo são habitualmente inserido na rotina da creche. Os valores e concepções da ética, moral e respeito ao próximo e ao meio ambiente são valorizados e aplicados tanto na rotina diária, quanto nos trabalhos pedagógicos desde o berçário I até o maternal II, neste aspecto a ideia central é constatar a importância dos valores na formação, socialização e constituição da integridade humana.
Formulação e execução do planejamento de aula e rotina escolar comumente com as legislações, principalmente, as que especificam a educação infantil, como as Leis de Diretrizes da Educação, as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, os Indicadores de Qualidade da Educação Infantil, os Parâmetros Nacionais da Qualidade para a Educação Infantil e o Referencial Nacional para a Educação Infantil.
Elaboração de atividades lúdicas e pedagógicas embasadas nos eixos para a educação infantil, que são: “Movimento, Música, Artes visuais, Raciocínio lógico matemático, Natureza e Sociedade e Linguagem oral e escrita”.
Formulação de parcerias com as famílias e com a comunidade, afim de que suas contribuições possam colaborar para a melhoria do trabalho pedagógico e para o desenvolvimento integral da criança.

 

6. AFERIÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS

A aferição do cumprimento das metas se dará a partir:

• Da verificação do desenvolvimento através de avaliações periódicas, que serão devidamente registradas no planejamento de aula formulado pela equipe docente;
• Da aquisição de informações dos familiares, coletadas a partir de reuniões “pais e mestres”, sobre o progresso no desenvolvimento das crianças;
• Da efetiva comunicação e relacionamento permanece entre creche e família, para a obtenção do “feedback”, em relação ao trabalho realizado;
• A manutenção permanente dos processos de “cuidar, educar e ensinar”, vigentes na reformulação da educação infantil;
• A averiguação contínua da funcionalidade da metodologia utilizada nas atividades e planejamentos;
• Acompanhamento e ajustamento da aplicabilidade das normas, dos recursos e das atividades propostas no PPP (Projeto Político Pedagógico) e no Planejamento Anual da Instituição.

 

DATA E ASSINATURA

 

24 de fevereiro de 2017

POUSO ALEGRE

 
Poda de árvores no Bairro Santa Filomena 
 
 Canal Prefeitura Pouso Alegre  

CONCURSO PÚBLICO

 

RECEBA INFORMATIVOS

 

 
   


Gestão 2013-2016

ACOMPANHE A PREFEITURA NAS REDES SOCIAIS FALE CONOSCO 35 3449-4000
Webmail