Secretaria Municipal de Saúde já tem Consultório Farmacêutico

Desde a quinta-feira (7 de novembro) os usuários do SUS atendidos pela Secretaria Municipal de Saúde já contam com o Consultório Farmacêutico. O novo espaço é fruto de uma parceria entre a Univás e a Prefeitura de Pouso Alegre, via Secretaria Municipal de Saúde, para realização dos atendimentos do projeto de extensão Consultório Farmacêutico, em espaço estruturado no térreo da Secretaria, à Rua Comendador José Garcia, 280.

O objetivo, segundo a secretária municipal de Saúde Silvia Regina Pereira, “é implantar um atendimento diferenciado à comunidade, oferecendo um serviço para acompanhamento da farmacoterapia do paciente, procurando contribuir de forma ativa para a saúde pública de qualidade e reduzir os resultados negativos relacionados a medicamentos”. A secretária analisa que a unidade segue as diretrizes atuais, que incentivam a atuação clínica do farmacêutico.

Silvia Regina explica que o Consultório Farmacêutico foi criado para prestar o serviço da clínica farmacêutica no setor público e melhorar a qualidade do atendimento aos usuários do SUS, ampliando o serviço farmacêutico prestado para a população. O intuito é favorecer a adesão do paciente ao tratamento, avaliar possíveis interações que possam contribuir para solucionar problemas de saúde e orientar a forma correta de tomar os remédios, contribuindo para racionalizar o uso de medicamentos e melhorar a saúde pública, inclusive podendo minimizar internações pelo uso irracional de medicamentos.

Entre as atividades atribuídas ao Consultório Farmacêutico estão:
Orientar o paciente sobre o uso correto da insulina e outros medicamentos, incluindo os fitoterápicos e outros isentos de prescrição; avaliar o conjunto de medicamentos usados pelo paciente quanto à dosagem, horário de consumo e possíveis interações, orientando sobre os cuidados necessários; esclarecer o paciente sobre sintomas e evolução da doença; realizar a medição de parâmetros fisiológicos, como pressão arterial, glicemia capilar, índice IMC, circunferência da cintura; permitir a comunicação com outros profissionais da saúde para emitir parecer farmacêutico e discutir tratamentos de forma integrada.

O atendimento será realizado por 4 farmacêuticos, que poderão identificar a necessidade de encaminhamento para outros profissionais da saúde, dependendo da avaliação do estado de saúde e medicamentos consumidos, sejam de prescrição médica ou não, de uso regular ou mesmo esporádico. Além dos profissionais, estudantes do Curso de Farmácia da Univás acompanharão os atendimentos.

Na fase preliminar, o Consultório vai trabalhar no acompanhamento farmacoterapêutico e cuidados farmacêuticos de insulino-dependentes. O funcionamento será às quintas-feiras, das 9h às11h e das 13h às15h.